Outros Serviços

SAÚDE DA MULHER

Fisioterapia na Saúde da Mulher

A fisioterapia na saúde da mulher abrange várias áreas, tais como a preparação para o parto, a recuperação no pós-parto e as disfunções do pavimento pélvico.
Assim, é ao fisioterapeuta que cumpre a tarefa de a reabilitar, de prevenir, reeducar e promover a saúde pélvica da mulher nas várias fases da sua vida.

Fisioterapia na gravidez

A gravidez, é uma fase da vida da mulher, em que o corpo sofre diversas alterações e modificações em todos os sistemas corporais.
Neste contexto, o objetivo da fisioterapia é preparar a mulher para o parto e para o pós-parto, melhorando a sua aptidão física, bem como a sua saúde. As sessões individuais de fisioterapia são realizadas de acordo com a avaliação feita pelo fisioterapeuta, mas também os objetivos da grávida.

Como:
Exercício na gravidez, visando o fortalecimento, mobilidade e o relaxamento
Tratamento especializado para dor/desconforto da grávida e lesões relacionadas com a gravidez, como por exemplo: dores na bacia e lombar, tensão muscular geral acumulada, síndrome do túnel cárpico ou tenosinovite de quervain, contraturas e cãibras, etc.
Preparação do pavimento pélvico para o parto e prevenção de disfunções no pós-parto, utilizando técnicas especificas de fortalecimento e relaxamento da musculatura pélvica e o ensino dos cuidados a ter no pós-parto imediato.

Fisioterapia no pós-parto

Após a gravidez, é importante que a puérpera seja avaliada por um fisioterapeuta pélvico. Ainda que o parto tenha sido por cesariana, mantêm-se presentes as várias alterações decorrentes duma gravidez, sejam físicas e/ou emocionais. O pavimento pélvico sofre também alterações, causadas pelo suporte do peso do bebé e do líquido amniótico, pelo aumento do útero e ainda pelas alterações dos níveis hormonais.
Desta forma, o acompanhamento em fisioterapia no pós-parto, dever-se-á iniciar sempre com uma avaliação, tão profunda, quanto possível, em que são auscultadas a história clínica da puérpera, bem como as suas queixas/sintomatologia. Esta avaliação objetiva, incide no pavimento pélvico, postura, força muscular, diástase dos rectos abdominais, cicatriz (em caso de cesariana, episiotomia) etc.

A partir daqui, serão definidos, em conjunto, os objetivos a serem atingidos com as sessões individuais de fisioterapia.

Por forma a atingir os objetivos terapêuticos, o fisioterapeuta recorre a uma multiplicidade de técnicas especializadas como:

– Pilates
– Ginástica abdominal hipopressiva
– Técnicas de terapia manual
– Eletroestimulação e biofeedback
– Mesoterapia homeopática (tratamento de estética)
– Ensino ao utente

Fisioterapia uro-ginecológico

A fisioterapia uro-ginecológica é uma área da fisioterapia que previne e trata, disfunções relacionadas com o pavimento pélvico da mulher, através da avaliação das suas queixas, do ensino e tratamento adaptado a cada uma.

As principais patologias abordadas são:
– Incontinência urinária
– Incontinência fecal
– Prolapsos dos órgãos pélvicos
– Gravidez e pós-parto

Sinais descritos:

– Perdas de urina (quando se ri, tosse, espirra, levanta objetos, salta ou em outros esforços);
– Dificuldade em controlar a saída de gases/fezes;
– Vontade de urinar difícil de controlar;
– Sensação de peso/massa na zona da vagina ou ânus;
– Dor na zona pélvica (durante a atividade física e/ou sexual)

Por forma a atingir os objetivos terapêuticos, o fisioterapeuta recorre a um conjunto de técnicas especializadas como:

– Pilates
– Ginástica abdominal hipopressiva
– Técnicas de terapia manual
– Eletroestimulação e biofeedback
– Ensino à utente


Gerimos integradamente a sua saúde

Marque já a sua consulta de avaliação!

© INédita